This post has already been read 1454 times!

Arquivo LPBrasil: Trazemos na matéria de hoje uma tradução de um texto escrito por Mike Shinoda e publicado no livro “Glorious Excess” (2008) também de sua autoria.

Quando a minha banda apareceu na capa da revista Rolling Stone, as palavras “Sexo, Drogas e Provas: Especial Faculdade“ apareceram do lado da cabeça do nosso guitarrista. A primeira vez que vi, a revista já estava nas bancas. No primeiro momento, fiquei emocionado de ver a edição, mas ver aquela legenda me deu um pouco de ataque de pânico. Nossa banda não era sobre sexo, drogas e provas – será que as pessoas iriam confundir ao ver essa legenda próximo de nossas cabeças? Depois de pensar sobre isso, eu decidi que a posição da legenda era relativamente inofensiva. Mas lá no fundo da minha mente, eu ainda me sentia inquieto. 

Essa experience foi uma das muitas que me trouxe um medo maior: que algum dia eu seria a capa de uma revista, e uma legenda próximo a mim iria dizer algo muito horrível. Nas capas de revistas, o formato é simples: Um close numa celebridade e ao redor uns pedaços de textos. Cada sentença tem que ser pelo menos um pouco extrema para captar a atenção quando você está somente passando por uma sessão de revistas. E, sendo a intenção ou não do designer, cada palavra vai ser relacionada a pessoa que está na capa. 

Eu me sinto afortunado de ter sido capa de revistas. Mas não teve uma vez só que eu pude ver quais outros pedaços iriam aparecer ali, perto do meu rosto. E se algum outro texto dizer “Tenho orgulho de ser racista”? É assustador pensar que alguém pode ser a capa apenas de relance e assumir que eu sou um “racista orgulhoso”!

O livro “Glorious Exceed” por Mike Shinoda (2008).

© 2020, https:. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários