0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A revista Inkspired fez uma entrevista com o cozinheiro do Linkin Park, Gray Rollin. Confira abaixo:

__________________________________

Conheci o Chef Gray Rollin em um lugar inesperado – Nos bastidores do Loudwire Music Festival no verão passado. Ele estava em uma tenda branca, no meio da terra e da grama, cozinhando vários pratos incrementados ao mesmo tempo, e fiquei curioso. Se ele tivesse fazendo um churrasquinho eu provavelmente não teria reparado, sendo que as vezes tem gente fazendo isso por aí, mas aquilo me chamou atenção imediata. No calor de um dia de verão escaldante, Gray ofereceu gentilmente uma bebida gelada para nós. No que a conversa continuou, antes mesmo de eu perguntar, ele respondeu “eu sou o cozinheiro particular do Linkin Park“.

Sua tenda temporária se torna um “restaurante sobre rodas”, mas o que realmente prendeu o meu olhar foi a culinária mágica que ele estava criando em um ambiente tão improvável. Embora parecia improvisado, cada pedacinho da sua cozinha portátil não era só pensada como era genial.

Com fogões portáteis, unidades de refrigeração, e áreas para preparação da comida, o chef estava preparado para fazer um menu totalmente trabalhado, com ingredientes frescos para cada membro da banda.

Screen Shot 2016-03-18 at 3.52.43 PM

O Chef Gray viaja com a banda junto com as turnês mundiais, assegurando que a banda esteja sempre saudável e feliz. Ele usa ingredientes frescos de cada país que eles visitam, criando uma experiência culinária que combina com a cultura em que estão imersos naquele momento, enquanto ele certifica-se que cada um dos membros da banda esteja seguindo a dieta necessária e também respeitando o paladar de cada um.

O Chef Gray tem acompanhado as turnês da banda nos últimos seis anos e meio, e viajou para mais de 60 países pelo mundo. Não tem como ficar com tédio cozinhando e fazer turnê com uma banda como o Linkin Park. Cada dia da turnê, o chef vai para o supermercado, contando com um ajudante, um tradutor e as vezes até um segurança particular. “Eu estava em um carro a prova de balas e tinha um segurança particular armado comigo o tempo todo enquanto eu fazia as compras para o Linkin Park na Cidade do México e em Monterrey“, relembra. Cada país fornece ingredientes e desafios diferentes, fazendo ele ficar nas nuvens com a empolgação de cada país novo.

Screen Shot 2016-03-18 at 5.50.22 PM

Quando era pré-adolescente, a mãe de Gray trabalhava um monte, “Ela trabalhava o dia todo e não cozinhava muito bem. Geralmente a comida estava queimada.” ele ri. Aprendeu cedo que cozinhava bem e se divertia fazendo isso. Ele começou então a cozinhar e fazer surpresas pra sua mãe quando ela chegava do trabalho.

Após 10 anos trabalhando em restaurantes, ele entrou para a faculdade Le Cordon Bleu College of Culinary Art em São Francisco. Depois da faculdade, ele foi fazer intercâmbio no Havaí e trabalhou em um resort em Maui.

Sua primeira turnê trabalhando como chef particular foi com a banda Mötley Crüe, uma das suas bandas preferidas. Ele também já acompanhou as bandas Godsmack, Buckberry, Black Eyed Peas, Jason Derulo, LMFAO, Blink 182, 30 Seconds to Mars, AFI, entre outras. Como se o seu repertório não fosse o suficiente, ele ainda sabe exatamente todos os paladares e gostos para quem ele já cozinhou.

__________________________________
Screen Shot 2016-03-18 at 3.49.28 PM

Página 1 da entrevista.

Screen Shot 2016-03-18 at 4.52.30 PM

Página 2 da entrevista.

Fonte: Inkspired | Tradução e Adaptação Linkin Park Brasil

© 2016, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários

About The Author

Fã em tempo integral e criadora de conteúdo nas horas vagas, meu hobby preferido é escrever sobre Linkin Park e conhecer novos fãs. Tive a oportunidade de ir em 10 shows do Linkin Park, sendo o primeiro em 2004 no Morumbi e tive a oportunidade de ir em 3 do Mike Shinoda, na turnê do Post Traumatic.