0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Hoje foi um dia movimentado. Às 14 horas aconteceu a Listening Party Mundial, onde todos os fãs conectados no Twitter apertaram PLAY ao mesmo tempo no novo CD do Linkin Park, o The Hunting Party. Acompanhos pelo Mike Shinoda, os fãs deixavam suas impressões e faziam comentários sobre as músicas twitando, utilizando a hashtag #TheHuntingParty. A cada música Mike ia deixando também os seus comentários. Após a Listening Party, Mike Shinoda fez uma sessão de Perguntas e Respostas no twitter e também entrou no chat do LPUnderground e brincou com mais alguns fãs.

Segue abaixo os twites do Mike durante a Listening Party, escrevendo comentários e curiosidades sobre cada música:

Keys to The Kingdom
“De todas as canções, Keys to The Kingdom foi a minha favorita para abrir o álbum por causa das surpresas sonoras constantes.
O coro vocal foi um fluxo de consciência vocal (e letra) por Chester. Ele não a anotou, apenas cantou tudo o que veio à mente.”

“A criança falando “Eu não estou autorizado a fazer certas coisas AHH / I’m not allowed to say certain things” foi colocado porque originalmente tinha outra coisa mas nós não fomos autorizados por razões legais.”

“E mais no final, é eu dizendo dizendo “Tente outras coisas / Try and do the other thing” – eu estava falando com o Rob enquanto ele estava gravando a bateria.”

All For Nothing
“Page Hamilton da banda Helmet. Helmet foi uma das bandas cujo som agressivo e melódico era uma das minhas inspirações ao escrever #TheHuntingParty. Se você ouvir, você pode ouvir a minha voz misturada com Page no coro.

“A música por trás do intervalo antes “Guilty All The Same” é original. Sou eu cantando ohhh.”

Guilty All The Same
“Foi a primeira música em The Hunting Party. Rob gravou bateria para ela. Ele trabalhou essa performance por cerca de um mês. O álbum começou com uma série de demos que eram mais electro / indie / alt. Então eu percebi que eu não queria isso. GATS foi um dos primeiros demos que ajudaram a definir a direção do álbum. 

“Rakim é um dos meus rappers favoritos. O verso dele aqui é um exemplo perfeito do porquê. Para mim o verso dele é uma mistura perfeita de técnica, conteúdo e emoção.”

The Summoning
“Foi uma experiência sonora que nós adicionamos no final do processo, para dar ao ouvindo uma limpada no ouvido antes de War.

War
“Esta foi uma demo que o Chester trouxe. Muito pouco mudou entre a versão demo e a final. Se você ouvir atentamente, Chester na verdade diz: ‘1, 2 … 1-2-OBRIGADO‘. Teve uma versão alternativa onde ele disse ‘1, 2… 1-2-F * CKYOU‘. Rob gravou a bateria de War em uma única tomada.”

Wastelands
“Meus versos de “Wastelands” foram escritos antes da existência da música. Apenas palavras no meu computer. Na verdade apenas o primeiro verso. O segundo verso, por outro lado, foi re-escrito durante o último mês de gravação. O último refrão em Wastelands muda completamente a estrutura de acordes (não é o mesmo que o resto da música). Eu acho que foi a primeira vez que fiz isso em uma música.”

Until it’s Gone
“A estrutura do Until It’s Gone é baseada na estrutura de um DROP. Tive a idéia ao trabalhar em A Light That Never Comes com o Steve Aoki. Embora possa ser sobre arrependimento (o significado usual de “não sei o que você tem até que se foi“), UIG tem um significado alternativo. Como um pai, seu filho não vai crescer em seu potencial até que eles saiam do ninho. Você não sabe o que você tem até que (você) se vá. Teve um momento que haviam mais elementos assim no álbum, mas nós pensamos que acabaria sendo bobo, exceto este intervalo em UIG.”

Rebellion
“Curiosidade: Nosso primeiro show foi para abrir o System of a Down.”

“Daron se juntou a mim no estúdio e trouxe os riffs de guitarra que se tornaram a Rebellion. Uma coisa que eu amo em Rebellion é o atrevimento / sarcasmo nas letras. Nós geralmente temos dificuldade em puxar isso, mas funcionou aqui.”

Mark The Graves
“Foi uma das primeiras demos do álbum. Em um ponto, eu queria que fosse a primeira música do álbum. Gravamos toda a bateria no álbum em fita, em vez de computador. Eu acho que você pode realmente ouvir sobre esta canção. Também montamos um kit realmente único para essa música. Chester e eu costumamos fazer todas as letras dos álbuns, mas Brad ajudou muito no The Hunting Party.

Drawbar
“Tom veio para escrever. A conversa e a experiência foi a melhor parte. Incluímos este jam como um lembrete do dia. O estilo de escrita de Tom é estranho para nós, ha. Muito “jam” orientado, enquanto o nosso é mais ‘escrevendo no computador‘.”

Final Masquerade 
“Foi uma das últimas músicas para o álbum. O vocal original era eu cantando tudo. Mas o Chester soa melhor! Rob salvou essa música, também. A batida original que eu escrevi era mais complicada mas não tinha alma. Rob improvisou esse ritmo e parecia perfeito.

Line In The Sand
“A abertura na parte vocal foi escrita anos atrás, enquanto estávamos fazendo o A Thousand Suns. Não deu certo naquela época. Mas quando eu estava trabalhando nessa música, eu cantei e (finalmente) encaixou. Existe bastante tons e configurações diferentes de guitarras nesta música, dando a cada parte o seu próprio sabor e segurando a atenção mais de 6 minutos.

“LINE IN THE SAND é uma das minhas canções favoritas do The Hunting Party. Parece que ele faz tudo o que o LP faz, em uma canção. Os solos do Brad e do Rob no final dela são um dos melhores momentos. O final da música foi uma improvisação. Eu não sabia que o Rob poderia tocar tão rápido, ha.”


Após ouvir o CD na íntegra, o Mike Shinoda iniciou uma sessão de Perguntas e Respostas através do Twitter e também entrou no Chat do LPUnderground, o chat do fã clube oficial. Segue abaixo as perguntas:

Segue agora a sessão de Perguntas e Resposta no twitter:

ant_theOreo: O que inspirou vocês a lançarem este álbum?
mikeshinoda: Nós queríamos fazer um álbum de rock mais cru/agressivo porque sentimos que atualmente não há música cruas/agressivas o suficiente.

soldiersuburbia: Eu realmente gostei da influência punk na War! Obrigado por criar essa obra-prima.
mikeshinoda: Obrigado.

nadiev_enders: Você está assistindo a Copa do Mundo?
mikeshinoda: Vai EUA!

JordFro: Qual a sua pizza preferida?
mikeshinoda: Bacon e abacate

walaaWL3: Por que vocês não vão fazer uma música nova para o novo Transformers?
mikeshinoda: Porque o Imagine Dragons está fazendo agora.

Carcelliiii: Quais bandas inpiraram vocês em seus primeiros anos?
mikeshinoda: Para mim: Alice In Chains, Helmet, NIN, Metallica, Red Hot Chili Peppers, Anthrax, Corrosion Of Conformity, SOD, Ministry, Deftones

Lyh_LP: Você não acha que a frase “nós perdemos antes de começar” deveria ser o frase tema da Copa do Mundo de 2014? Ou pelo menos para a Espanha….
mikeshinoda: Oohh
PS: A frase “We lost before the start” é da música Rebellion

JordanSouthwel2: O quão grande são os pulmões do Chester?
mikeshinoda: Maiores que os meus.

Dave_Sentosa: Eu vi um vídeo no instagram que o Brad Delson fala em espanhol e daí estava escrito “Espiadinha no nosso novo álbum”. Mas o que era?
mikeshinoda: Brad e eu estávamos obcecados por músicas Mariachis aquele dia.

JustinEdwardG: Grandes inspirações do hip hop?
mikeshinoda: Rakim, Run DMC, early Big Daddy Kane and LL, Public Enemy, NWA, Biggie, Nas, Wu Tang, Beasties, Kool G Rap…

dan_porter1: Você ficou tentado em colocar o #LPGoat (Cabra) em alguma parte do álbum? #TheHungtingParty
mikeshinoda: Sim, mas nunca encontrei um lugar bom para colocar. Eu também escrevi uma música zoada feita com miados de gatos.

andy_potapov: Você assistiu o último filme do X-Men?
mikeshinoda: Sim, eu amo X-Men. Quando era criança, eu pensava que o Colossus era foda. Pena que ele não é mais a figura central nos filmes!

BooTheElephunk: Você consideraria trabalhar com o SPY?
mikeshinoda: Essa é uma boa ideia.

TaylorNhoque: Bebida favorita?
mikeshinoda: Café com leite e mel.

xMilia30: Você está empolgado para sair em turnê com o 30Seconds to mars? 🙂 Alguma surpresa para a turnê?
mikeshinoda: Vamos fazer toda a turnê fantasiados com personagens feitos pelo Jared Leto. Chester vai ser o Rayon por 6 semanas.
PS: Rayon é o personagem do último filme do Jared Leto, chamado Clube de Compras Dallas.

Após a sessão de Q&A no Twitter, Mike entrou no chat do LPUnderground, que é o fã clube oficial. Lá é mais difícil entender a conversa, por haviam umas 150 pessoas online e todas fazendo perguntas ao mesmo tempo…. e para dificultar um pouco Mike acessou como fã e não como membro da banda, então o nome dele não se destacava entre as demais pessoas.

Algumas das pessoas conectadas podem ficar com a webcam ligada e o microfone também. Então as vezes o Mike comentava sobre algo que estava acontecendo nas webcams. Então resumindo o que aconteceu por lá:

mike: UNTIL ITS GOOOOOOONNNNNEEEEE
mike: Como vai pessoal?
mike: Oláa
mike: Ah! Tocando THP no modo aleatório, legal! (falando para alguém que estava com o audio ligado)
mike: Eu sou o único que gosta de pizza de Bacon com Abacate?
mike: Qual é pessoal, vocês não sabem o que é vida até comer uma pizza de bacon com abacate!
braffschein: Mas quem é que usa snapback (tipo de boné) em casa?
mike: Snapbacks em casa? Pessoas que tem o cabelo bagunçado.
mike: Essa capa da revista NU METAL é hilária e o poster da Papercut também, REDRICHIE.
alinkinpark:  Quem vai fazer o refrão da música All for Nothing nas versões ao vivo Mike?
mike: Eu canto o refrão original da música All For Nothing, então provavelmente serei eu.
mike:  REBELLLLLIIIOOOOOOOOOOOOON
faint: Peraí, você está confirmando que vão tocar a All For Nothing na turnê?
mike: Eu não estou confirmando nenhuma música – Nós ainda não decidimos.
mike: Turnê Européia foi ótima. Ótimos shows, ótimas pessoas.
apop: Honestamente, a coisa que mais me deixou empolgada na conversa do Twitter foi…
apop: A música com miados de gatos.
mike: A música com miados de gatos? Eu não sei onde eu coloquei ela, mas se eu encontrar eu posto em algum lugar.
loren1: Mike, Quando vocês vão vir para a Austrália??
mike: Algum dia.
mike: Estou com fome. Eu preciso almoçar daqui a pouco. Só mais uns minutos..
traciedraper: Qual a sua nova música preferida?
mike: Eu não tenho nenhuma música favorita. A Line In The Sand? Rebellion? Keys To The Kingdom?
mike: Não tenho certeza…
ale86: Mike, você gostou do flashmod durante a Until It’s Gone na Itália? Com os bastões coloridos…
mike: Os bastões coloridos foram engraçados mas um quase me arrancou o olho, HA
ricardo: Eu vou #LlorarYLlorar se o Mike não me responder xdDDDDD
mike: LLORAR Y LLORAR
mike: Ok pessoal, eu tenho que comer. I HEART LPU
mike: Se eu tiver sorte vai ser uma pizza de bacon com abacate.
mike: Ou uma panqueca de bacon com abacate.
mike: Eca.
mike: Ok, obrigado. Tchau!

© 2014, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários