0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

A música Home, lançada recentemente por Machine Gun Kelly, é uma colaboração do rapper com a cantora pop Bebe Rexha e a banda de rock alternativo X Ambassadors. A música faz parte da trilha sonora da nova série Bright, do Netflex. 

O rapper MGK escreveu os versos dessa música no mesmo dia que o seu amigo, Chester Bennington, morreu por suicídio. O legendário frontman do Linkin Park foi um dos ídolos de infância do MGK e o rapper iria abrir os shows do Linkin Park em 21 cidades na Turnê Americana que iria começar em 6 dias.

Em entrevista à Rap-Up, o rapper de Los Angeles explicou porque a música é tão pessoal. “Um amigo meu faleceu na noite anterior ao prazo de entrega para essa música.” ele falou “Era Chester Bennington, do Linkin Park, e nós iríamos sair em turnê juntos. Eu sentei por algumas horas e decidi ir para o estúdio e ver se eu conseguia fazer alguma coisa relacionada à música, ver se algo acontecia. O que eu escrevi foi o que saiu da caneta naquela noite.” 

No Twitter, ele escreveu “acabei de lançar essa música que é um pedaço do meu coração. Eu escrevi ela no dia em que o Chester morreu e eu tinha muito a falar. Ouça agora a Home com @beberexha @xambassadors 💔” (clique aqui para ir pro tweet dele)

Na música, MGK canta “Agora me diga: como que todos os meus sonhos se transformaram em pesadelo? Como eu perdi isso se eu estava lá? Agora, eu estou tão distante que eu sinto que tudo está em pedaços. Me diga porque o mundo não é junto, estou tentando encontrar.” e no refrão, ele procura por um lugar que possa chamar de casa “Casa. Um lugar onde eu possa ir, para tirar isso dos meus ombros. Alguém me leve para casa.“. Na estrofe seguinte ele diz “Já sofri tanto e é difícil manter qualquer sorriso no meu rosto, porque há loucura no meu cérebro. Então eu tenho que voltar, mas minha casa não está no mapa. Preciso seguir o que estou sentindo para descobrir onde está.

Machine Gun Kelly e Bebe Rexha participaram do show do Linkin Park em tributo ao Chester Bennington no Hollywood Bowl, em Los Angeles. Machine Gun Kelly participou da música Papercut e Bebe Rexha da música A Light That Never Comes.

Machine Gun Kelly também chegou a participar de alguns shows do Linkin Park em festivais em 2014 e em 2017. Em entrevista à revista Kerrang!, MGK relembra o humor do Chester e a última vez que o viu “Teve uma vez na Polônia que o Chester brincou nos bastidores, disse que toda vez que ele me via, mesmo que fosse mais de uma vez no mesmo dia, eu estaria usando uma roupa diferente. Ele então falou que ele iria melhorar o guarda-roupa dele para a próxima turnê. Naquele show, cantei Bleed It Out com eles e foi tão intimidador que quando eu terminei a minha parte, eu não sabia se era para eu ficar no palco, então eu saí e perdi a parte final. Chester estava me procurando e falou ‘Mas que merda?!’. Aquela foi a última vez que vi ele…

Mike Shinoda, Chester Bennington e Machine Gun Kelly em todo de divulgação da turnê americana que aconteceria em julho, agosto e setembro de 2017.

MGK no show do Linkin Park em tributo a Chester Bennington

Participação do MGK e vários outros artistas durante show surpresa do Linkin Park na Vans Warped Tour em 2014

Linkin Park e MGK dos bastidores de um festival em Praga, na República Checa, em Junho/2017

© 2017, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.