0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Num período de menos de três anos, o Linkin Park foi parar no topo do mundo da música. Foram dois àlbuns de sucesso — “Hybrid Theory” em 2000 e “Meteora” em 2003— juntos venderam 33,000,000 de cópias, e (talvez contra a vontade deles) a banda se tornou o rosto da explosão rap-rock daquela época.

O gênero vem caindo em popularidade desde então, mas a banda se mantém firme e forte, principalmente por se afastar do referido gênero. Os próximos três álbuns— “Minutes to Midnight” em 2007, “A Thousand Suns” em 2010 e “Living Things” em 2012— se colocaram no topo das paradas da Billboard. O álbum mais recente, “The Hunting party”, foi lançado em junho e alcançou a terceira posição nas paradas.tumblr_namraai95C1qdjgwno3_250

Mike Shinoda apareceu no “HuffPost” na quarta feira para falar sobre o poder de permanência da banda e o novo livro de sua mulher, Anna Shinoda. Mike disse que a banda tem se diversificado, e intencionalmente perderam fãs nesse caminho.

“Nós ainda estamos crescendo, não estagnamos de nenhuma forma. Nunca vamos fazer o mesmo álbum duas vezes, então nem espere por isso. Perdemos fãs ao longo do caminho intencionalmente,” ele contou a Ricky Camilleri. “Intencionalmente deixamos eles irem. Dissemos ‘ Se isso é tudo o que vocês querem ouvir, fizemos dois álbuns pra vocês, vocês os tem e podem ouvi-los sempre. Se você decidir se juntar a nós na estrada, a boa notícia é que vão existir muitas surpresas legais”.

Assista o vídeo com a entrevista Aqui. Legendaremos em breve, o vídeo será postado em nosso canal do Youtube, aqui. Se inscreva em nosso canal e acompanhe!

 

 

 

© 2014, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários