0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Seria uma pena se eles parassem de fazer música juntos.

O vocalista do Avenged Sevenfold, M. Shadows falou sobre o estado atual do Linkin Park depois de se apresentar como um dos convidados no recente show especial do Linkin Park em tributo ao Chester Bennington. Em entrevista ao Eddie Trunk ele falou:

“Eu não era próximo do Chester. Eu conhecia ele só de vista, mas eu sou muito próximo do Mike, e também jogo bastante golf com o Phoenix. 

Eu e o Mike saímos juntos todos os anos durante a época do festival Coachella. Ele geralmente vai à minha casa lá e nós saímos durante o final de semana. Ele mostrou para mim o álbum todo [One More Light] antes de ser lançado e foi bastante assustador na época, ouvindo as demos do Chester no álbum. E agora que isso tudo aconteceu é de cortar o coração.

Eu acho que o Mike sabe que passamos pelos mesmos tipos de coisas – mesmo que a morte do The Rev [bateria do A7X] não tenha sido um suicídio, perdemos um amigo muito cedo. É insano.”

Perguntado se o Linkin Park deveria continuar sem o Chester, M. Shadows respondeu:

Eles são serem humanos e ainda tem muita vida pela frente. E eu acho que se eles amam a música tanto assim, eles tem todo o direito de continuar.

Conhecendo o Mike tão bem quanto conheço, eles sempre foi, na minha opinião, o líder da banda – o cara que faz as coisas, que prepara as demos, o cara obcecado por cada detalhe da banda.

Será difícil perder o Chester, ele foi um dos melhores vocalistas do nosso tempo. Desde quando eu era novo eu assistia eles ao vivo, ele era simplesmente perfeito no que ele fazia. E será complicado, mas ao mesmo tempo, Mike sempre trabalhou duro e sempre foi dedicado a essa banda e colocou tanto tempo nisso que eu não consigo ver ele terminar com a banda.

Eles vão saber o que parece certo e o que parece errado. Mas seria uma pena se eles parassem de fazer músicas, eu não sei se seria com um nome diferente ou se eles manteriam o nome Linkin Park.

Mas o Mike é a força da banda. Ele é meticuloso – ele é obcecado com as coisas, desde o nome até produção da batida para o tipo de música que eles estão escrevendo – eu não consigo ver ele simplesmente largar isso. Eu não acho que seja possível e eu acho que seria uma pena se ele parasse.

Fonte: Ultimate-Guitar

© 2017, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários

Leave a Reply

Your email address will not be published.