0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

O Linkin park neste mês esta presente na edição da Kerrang que foi lançada no último dia 30 de Abril, o Linkin park fala sobre o seu novo álbum  ” The Hunting Party ”  e também como vai ser tocar no  Download Festival.

O Linkin Park está determinado para um grande verão, assim como eles prepararam o lançamento do sexto álbum, The Hunting Party. A banda está descrevendo a sequência de Living Things (2012) como pesada, e seu primeiro single Guilty All the Same foi o gosto de sua nova direção. Emocionate, não? E nós nem mesmo tocamos no fato que eles serão headliner na noite de sábado do Download Festival, esse ano, tocando seu álbum de estreia, Hybrid Theory, em sua totalidade. Então, quem melhor para nos contar todos os detalhes sobre o que vem por aí para o Linkin Park, do que Chester Bennington e Mike Shinoda? Ninguém.

kera

Parabéns por terminar o novo álbum! O que vocês acharam do processo de produção?

Chester: Mike escreveu uma grande quantidade enquanto eu estava em turnê com o Stone Temple Pilots ano passado. Quando eu cheguei em casa, tinha muitas coisas para eu acompanhar, e ele estava tocando algumas coisas para mim, e eu estava como ‘Cara, isso é foda!’. Eu estava surpreso em como estava pesado…

O primeiro single Guilty All The Same definitivamente soa pesado…

Mike: Eu vi em um blog no ano passado, sobre a música não prestar hoje em dia e ser realmente deprimente, eu tive que concordar. Há bandas como Mumford & Sons e Arcade Fire, que são ambas excelentes, se você gostar desse tipo de gênero, mas, em seguida, existem centenas de bandas tentando ser como eles.

Chester: Nossa nova música tem tons de energia – nós basicamente queremos que as pessoas ouçam e pensem ‘Sério? Eles realmente fizeram isso?!’. Não é apenas para ser a mesma música de sempre. 

Vocês acham que seus fãs estão preparados para um som pesado do Linkin Park?

Mike: Antes nós estávamos com medo de ir com tudo; sete ou oito anos atrás, nós teríamos medo de seguir em frente com um álbum assim. O tempo está certo para isso agora, e nós nos sentimos ótimos em querer lançá-lo.

Chester: Eu estou seguro de que algumas pessoas vão amar e outras irão odiar. E são duas respostas preferenciais, nós temos uma visão real estabelecida para este álbum. Eu só dizia ‘O que acha de começar com esse material e deixá-lo mais dark?’ e então quando eu voltei da turnê com o STP… estava como death metal ou alguma coisa! (risadas).

E essa coisa toda é a reação sobre a música estar segura?

Mike: Eu tenho uma playlist no Spotify chamada “Yelling over guitars” (Tradução: “Gritando mais que as guitarras”), a qual varia entre At The Drive-In e Sick Of It All e Botch. Eu amo todas essas bandas e estava ficando irritado que algumas pessoas mais jovens, não são familiarizadas com essa estética. Então, eu pensei ‘Por que nós simplesmente não fazemos um som que queremos ouvir, ao invés de nos sentarmos e ficarmos frustrados por ninguém está fazendo aquilo que esperamos?’.

Chester: Eu apenas me sento e fico ouvindo o que Mike trouxe e fico como ‘Caramba, está incrível! Então será para este lado que nós iremos?. Legal, estou nessa!’.

Então, por que é chamado The Hunting Party?

Mike: Nós ficamos doentes com as bandas tentando ser outras bandas e tocar seguro todo esse tempo, então o nome do álbum veio de uma teoria sobre a cultura estar se tornando tão passiva; todos estão em pé e esperando pelas oportunidades chegarem até eles, ao invés de ir atrás e pegá-las. Eu estou consciente que sempre terá bandas mais pesadas do que nós, mas The Hunting Party é o Linkin Park saindo e conseguindo algo para nós mesmos.


kera


E vocês estão prontos para a setlist do Hybrid Theory no Download?

Mike: Sim! Eu acho que já sabemos as músicas do Hybrid Theory tão bem (Risadas). Quando estávamos em turnê com o álbum anos atrás, nós começávamos com uma set de 20 minutos, abrindo shows para bandas como Papa Roach e P.O.D, e até em nosso primeiro show, no Whisky em Los Angeles, com o System Of A Down. De qualquer forma, nós progredimos, nós poderíamos tocar por uma hora ou mais, e ficaríamos como ‘Merda, nós poderíamos tocar o nosso álbum completo quase duas vezes! Nós temos muito espaço para preencher! Estamos ferrados!’.

Então, vocês irão preencher a setlist com o Hybrid Theory?

Mike: Bom, nós temos muitas coisas além do Hybrid Theory. Nós nunca tocamos o Hybrid Theory em sequência…

Vocês irão misturar as músicas do álbum ou tocá-las em sequência?

Mike: Eu acho que iremos tocá-las em sequência – não queremos estragar. É a oportunidade de comemorar o álbum como ele é. Depois de fazermos isso, então teremos alguma diversão, mas em relação ao tocar o álbum, ele será tocado como ele deve ser ouvido.

Chester: Nós estamos realmente animados em tocá-lo por completo – será fantástico!

 

Fonte: Kerrang | Lptheory.com

© 2014, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários