0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Mark Fiore, cinegrafista e fotógrafo do Linkin Park, esteve presente hoje no chat do LPUnderground para conversar com os membros. Mark Fiore sentou com uma xícara de café na frente do notebook, juntamente com Lorenzo do LPU e eles começaram o chat.

Uma das primeiras perguntas era se ele falava espanhol. Ele falou que sim, que poderiam perguntar sem medo que ele iria responder em espanhol, porém não chegou a responder nada em espanhol.

Perguntaram como ele conseguiu trabalhar para o Linkin Park e ele falou que era amigo do Phoenix desde muito novos, e quando Phoenix conheceu Brad na Universidade da Califórnia eles perguntaram para o Mark se ele queria ir nos shows deles para filmar.

Perguntaram se ele trabalha com mais alguma coisa além do Linkin Park. Mark falou que ele trabalha 100% do tempo com a banda, tanto no estúdio, como em turnê ou editando material. Mas ele também comentou sobre um documentário que fez com Sara Bareilles.

Foi perguntado qual foi o lugar que ele mais gostou de visitar com a banda, e ele mencionou vários lugares, entre eles Lisboa (Portugal), e também Tóquio (Japão). Lorenzo, que estava junto no chat acompanhando Mark, comentou que a banda vai voltar a tocar em Lisboa em Maio, no Rock in Rio.

Mark comentou que no seu tempo livre ele gosta de jogar golf com o Phoenix e outros amigos que eram membros da banda Tasty Snax, antiga banda do Mark e do Phoenix. Ele disse que também gostava de jardinagem, e que ele e o Mike Shinoda compartilham da mesma paixão e que muitas vezes eles trocam flores e plantas novas.

Disse que adora as conversas motivacionais do Pooch, que é engenheiro de som do LP, antes dos shows. (essas conversas motivacionais as vezes aparecem em LPTVs). Disse que é muito importante para a banda, para eles entrarem animados no palco a cada show.

Mark disse que provavelmente vai ter algum LPTV e LPUTV sobre o show beneficente para as Filipinas, já que foram coletados materiais desse evento.

Os episódios do LPTV durante o A Thousand Suns não foram editados, foram filmados em preto e branco, para manter o conceito do álbum.

Perguntaram sobre o Tasty Snax, se seria possível uma reunião no furuto e Mark disse que se eles se reunissem as entradas seriam muito caras para os fãs, disse brincando. Também perguntaram qual foi o maior show que eles fizeram, e Mark disse que eles fizeram todos os tipos de shows, como tocar para 5 pessoas como também tocar para milhares. Relembrou de um show que fizeram que tocaram para 5 mil pessoas em um Festival e disse que provavelmente esse foi o maior.

A sua música favorita do Linkin Park é “Lying From You” .

BeHlVkVCQAASfZI

Foi perguntado se Mark tocava algum instrumento. Ele falou que toca guitarra e foi pegar uma mini guitarra. Ele tocou um pouco e disse que fazia 5 anos que não tocava.

Foi perguntando onde era salvo todos os vídeos gravados ao longo dos anos e quantos terabytes eles ocupavam. Ele falou que armazena os vídeos em uns HDs de 8TBs e que normalmente ele lota um desses por ano. Ele tem materiais desde 2008 e que também mantém backups desses vídeos em outros lugares.

Disse que tem pronto para upload cerca de 10 episódios do LPUTV e que serão publicados primeiramente para os membros que possuem o Plug Air (que é vendido para membros do LPU).

Perguntaram sobre suas câmeras e lentes, ele disse que trabalha muito com uma Canon EOS 5D Mark II e com a GoPro.

Antes de terminar o chat, Mark pegou uma mochila onde guarda muitos materiais antigos do Linkin Park, e foi mostrando no chat. Ele tinha uma das primeiras camisetas do Linkin Park, uma jaqueta antiga do Linkin Park, muitas fotografias antigas da filmagem do clipe de In The End, tiradas com uma Polaróide. Uma fita cassette do Xero (antigo nome do Linkin Park) que o Brad enviou para ele, para que ele aprendesse as músicas do Linkin Park para um show, e então ele brinca com o Chester que ele era o cantor do Linkin Park antes dele. Mostrou alguns dos folders que foram entregues pelas ruas na semana do show do Sunset Strip Music Festival, em Los Angeles, entre outras coisas.

Para finalizar, Mark agradeceu a presença de todos e disse que iria para o estúdio, que a banda iria se reunir para trabalhar.

Lorenzo também se despediu e disse que seria o último chat do LP Underground utilizando a plataforma TinyChat. Logo teremos uma nova plataforma melhor.

Essa foi uma transcrição do que aconteceu no chat, caso você note que algo está incorreto ou que está faltando, comente! E se gostou, comente também 🙂

Fonte: Wretches and Kings, LPFanCorner

 

© 2014, www.linkinparkbrasil.com. O melhor portal de notícias do Linkin park no Brasil

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 0 Flares ×

Deixe seu comentário sobre essa Notícia

comentários

About The Author

Fã em tempo integral e criadora de conteúdo nas horas vagas, meu hobby preferido é escrever sobre Linkin Park e conhecer novos fãs. Tive a oportunidade de ir em 10 shows do Linkin Park, sendo o primeiro em 2004 no Morumbi e tive a oportunidade de ir em 3 do Mike Shinoda, na turnê do Post Traumatic.